Destaque

SILABAS 2017 - Simpósio Latino-Americano de Bioarquitetura e Sustentabilidade

No feriado de 7 de Setembro fui pro Rio de Janeiro para um evento de bioarquitetura onde iriam estar dois dos meus ídolos: Johan van Lengen o autor do "Manual do arquiteto descalço" e Gernot Minke.

O Silabas, Simpósio Latino-Americano de Bioarquitetura e Sustentabilidade é um evento que acontece em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. O intuito do evento é estimular o debate entre profissionais, universidades, órgãos normatizadores e concessionárias sobre a sustentabilidade nas cidades, escolas e empresas, através de mesas redondas, palestras e oficinas.

Essa foi a segunda edição do evento, e foi a primeira vez que fui, aconteceu na Praça do Suspiro e simultaneamente acontecia o Festival da Sustentabilidade, com shows, barraquinhas com comidas, chopp artesanal, artesanato e venda de produtos locais, além de oficinas e palestras gratuitas e abertas ao público em geral.

Nova Friburgo vista lá de cima do morro do teleférico.


A temática das palestras foi "Cidades Sustentáveis, Arquitetura de Baixo Impacto e Agricultura Orgânica" e foi muito inspirador ouvir alguns dos especialistas que levaram temas bem específicos e apresentados não só com a clareza de quem sabe o que tá falando mas com a paixão de quem acredita no que faz. O arquiteto Tomaz Lotufo que levou o tema da permacultura urbana e propôs "transformar as cidades, conectar as pessoas" de uma maneira muito leve através de exemplos nos fez ver como podemos mudar através de pequenas ações, a bióloga Marina Ferreira nos apresentou uma palestra sobre gestão de resíduos sólidos orgânicos, lembrando da importância de se pensar na questão do lixo e de que sim existem alternativas melhores do que os modelos convencionais. O engenheiro Leonardo Adler falou sobre biogás, suas experiências em algumas comunidades e outras maneiras de trabalhar com a questão do tratamento de água, também com uma paixão que dá gosto de ver. Os arquitetos do escritório Casa de Terra que apresentaram seu trabalho e um projeto inovador de trabalhar com padronização de construções com terra, uma proposta interessante e um projeto muito bem elaborado.


Eu sinceramente fui pra ver as palestras de Bioarquitetura, participar do workshop com Gernot Minke e conhecer o Tibá (depois vou escrever sobre essa experiência), mas o evento todo estava muito bom, uma pena ter ido sozinha e não ter conhecido muita gente, então meu companheiro foi mesmo o chopp artesanal rs.

Uma dica legal pro pessoal que organiza é tentar fazer os workshops antes, falo isso porque no dia do workshop (que foi o último dia do evento) conheci gente muuuuito legal e com um monte de coisa pra conversar e já rolou uma rede legal de contatos. Durante as palestras e o evento na feira era mais difícil rolar esse contato e uma das coisas mais legais desse mundo "alternativo" é trabalhar de forma colaborativa e quanto mais gente conhecer melhor.


Teve um dia que resolvi andar no teleférico... gente não aconselho hahaha acho que farei um post sobre essa experiência também.

O momento mais fofo foi esse, sim eu levei meu Manual na mochila pra pedir dedicatória, e esse momento foi bem emocionante, depois tive a oportunidade de conversar um pouco com Johan lá no Tibá e fiquei toda boba contando pra ele sobre minha experiência no Equador e ele me contando a dele... gente quando que eu pensei que ia jogar conversa fora com "O cara" rsrs #puxasaco


Professor Minke antes de começar a palestra, eu vi essa palestra umas três vezes, porque fiz o workshop também e repetia muita coisa...mas é Minke né, pode repetir que eu anoto tudo de novo (muito puxa-saco mesmo haha), o bom foi que saí PhD em jardins verticais e tetos verdes.


Na foto da esquerda pra direita professor Normando Perazzo Barbosa da Universidade Federal da Paraíba que deu uma super palestra sobre a construção civil, seus problemas, soluções, alternativas. Jorg Stamm, um dos grandes nomes da construção com bambu, deu uma aula e nos contou detalhes sobre alguns de seus projetos. Johan van Lengen que contou sua trajetória como arquiteto e porque escreveu o "Manual do Arquiteto Descalço" e Gernot Minke, que nos contou tudo sobre todos os assuntos que domina rs.

Confesso que foi bem puxado, muita informação pra absorver, um intensivão com gente muito boa e o melhor muito apaixonada pelo que faz. Ter a oportunidade de escutar o que esses caras aí da foto tem a passar pra gente é incrível, principalmente pro pessoal novo que está na faculdade ainda, queria muito ter tido esse tipo de oportunidade quando tinha meus 20 anos cheia de inquietações sobre a arquitetura e poucas respostas pra tantas perguntas. Por isso esse tipo de evento é importante e espero que essa ideia se espalhe, não é só uma moda, é uma oportunidade de fazer algo real por nós mesmos, porque se a gente não mudar (e rápido) a maneira com que se relaciona com os nossos recursos naturais provavelmente não teremos um futuro pra chamar de nosso.


A experiência como um todo foi muito boa, espero que façam mais edições e sigam promovendo essas discussões tão importantes e principalmente levando pro público em geral, foi bonito ver o pessoal da cidade e os turistas participando do evento. Parabéns ao pessoal do Instituto Pindorama e do Tibá, organizadores e realizadores do evento, e ao pessoal que participou trabalhando (e muito) , foi um lindo evento que merece ser replicado no resto do país.




#permacultura #casadebarro #Português #Viagem #Bioconstrução