Destaque

Telhado de sapé



Eu já falei um pouco sobre essa experiência em outro post (relembre aqui).

Em outubro do ano passado estivemos no Quilombo São José da Serra, localizado em Santa Isabel do Rio Preto (distrito de Valença, interior do Rio de Janeiro), onde vamos construir a casa da Luzia e do Nelson (simmmm vai sair do papel).

No momento da nossa visita estavam em processo para trocar o telhado de sapé da casa da dona Jorgina, e acabei ficando pelo Rio pra conhecer essa técnica tão interessante, para mim era algo que deveria ser registrado, porque como muitas técnicas ancestrais essa também está indo em direção ao esquecimento.


Casa da d. Jorgina


Importante saber que foi feita em várias etapas, e infelizmente eu não estive em todas, mas consegui registrar momentos importantes do processo. O sapé é um capim alto que já não se encontra tão facilmente, nas terras do quilombo ele é bem escasso, assim o pessoal se mobilizou para colher em outra fazenda, antes que o dono ateasse fogo. O sapé é considerado uma praga, já que não serve para alimentar o gado, esse é o principal motivo para a sua diminuição e consequentemente para a diminuição do seu uso como material de construção.


Primeiro fomos arrancar o sapé, eu mesma arranquei quase nada, não é fácil viu rs. Depois disso ele ficou secando em um lugar protegido da chuva.

Num outro dia fomos cortar o bambu que serve como estrutura para o telhado.

E depois de rezar pra não chover, fizeram outro mutirão para trocar o sapé antigo e colocar o novo, pelo menos em uma parte da casa. Luzia ofereceu um super almoço pro pessoal e mais parecia uma festa.

Pausa para o café com pão caseiro do Nelson =)

O sapé é separado em pequenos fardos que são arremessados para cima, enquanto uns vão atando o capim ao bambu com arame, outros fazem os fardos e outros arremessam, é um super trabalho em equipe.

É tá faltando foto dele pronto, vai ficar pra outro post. Deixo aqui um vídeo que é um resuminho desses dias, pra compensar.


Muito grata por ter essa oportunidade, cada vez que eu aprendo algo assim, na raiz do negócio, eu me sinto muito privilegiada e o mais lindo é a quantidade de amigo que a gente faz ao mesmo tempo que aprende um monte de coisa nova. Ahooo

#casadebarro #Português #Bioconstrução

Tags
Nenhum tag.
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Pinterest Social Icon
Siga

Sigam-me os bons! 

  • Black Google+ Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black TripAdvisor Icon

Florianópolis -  Brasil

© 2016 por Viramundo. Orgulhosamente criado com Wix.com