Destaque

Eu quero uma casa no campo, onde eu possa ficar no tamanho da paz

Quando comecei a escrever sobre essa experiência que tivemos no quilombo São José da Serra, logo me veio na cabeça a música "Casa no Campo" e a imagem de Elis Regina cantando toda sorridente. Compartilho do mesmo sonho que um dia fez Elis sorrir.


"Eu quero uma casa no campo Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapê Onde eu possa plantar meus amigos Meus discos e livros e nada mais..."

Talvez hoje a minha alegria seja compartilhar momentos únicos em casas de campos de amigos mundo afora, e o sonho da casa própria ficou pra depois, quem sabe um dia. Bom voltando ao quilombo, talvez seja uma história muito comprida e a ideia não é escrever um textão agora rs. Estamos trabalhando para construir a casa da família do Dom Nelson e da Luzia (ainda em fase de projetos e financiamento coletivo), mas como acreditamos que antes de chegar no projeto, na obra e na casa pronta é fundamental conhecer os moradores, a família, os amigos, o local e a cultura, fomos passar um tempo no quilombo.


Euzinha e Nádia, parceira nesse projeto tão lindo <3

Fazendo um reconhecimento do terreno, com cara de quem acordou cedo mas tudo bem rs


Nesse tempo que estivemos lá estava rolando a troca do telhado de sapê da casa da d. Jorgina, isso quer dizer, mutirões para arrancar o sapê numa fazenda vizinha, pra cortar bambu e mais mutirão pra trocar o telhado. Tudo na mais pura parceria, amizade e boa vontade. Num mundo onde é difícil conseguir encontrar um amigo pra tomar um cafezinho na esquina, mais de 10 pessoas se juntam pra trabalhar duro um dia inteiro (e todas as vezes necessárias até chegar no objetivo final), porque querem ajudar, recebendo em troca muita gratidão e um belo almoço da Luzia.


D. Jorgina sempre disposta a nos ensinar, queridíssima <3


Essas experiências que tenho vivido me trazem uma quantidade enorme de conhecimento, não só sobre construção, mas sobre humanidade, sobre como é possível viver da terra, viver de maneira simples e de como a força da união é importante.


Com nossa família quilombola conhecendo a Serra da Beleza (Valença/ RJ).

Luzia, Dom Nelson, Dhandara e d. Jorgina


#Bioconstrução #Português